O 6º Batalhão/PMAC está na net.

Este blog foi criado para dinamizar a comunicação entre o 6º BPM e a sua tropa, bem como para divulgar o que está ocorrendo na nossa Policia Militar e em especial no nosso Batalhão de Cruzeiro do Sul-Ac. Sejam bem vindos.


Vídeos Policiais

Loading...

domingo, 19 de junho de 2011

Sargento, bandido mais procurado do Acre é preso em Goiás

Adroaldo de Oliveira Souza, vulgo Sargento, 32 anos, estava foragido da justiça acreana há quase dois anos. Segundo a Polícia Civil de Goiás, ele pode ter cometido mais de 20 homicídios.
Sargento foi preso em Aparecida de Goiânia, município localizado na Região Metropolitana da capital goianense. Ele estava foragido da justiça acriana desde setembro de 2009, quando foi liberado do presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, para passar 7 dias em tratamento de saúde.
De acordo com a Polícia Civil de Goiás, o bandido estava morando em Aparecida de Goiânia e mudava constantemente de bairro para não levantar suspeita, mas também residiu em Rio Verde, no interior do estado. Sargento que lá também era conhecido por Piti Bull, comandavao  tráfico de drogas no Setor Buriti Sereno e região e é suspeito de ter cometido vários homicídios por acerto de contas. A prisão foi possível, por meio da troca de informações entre os serviços de inteligência das polícias do Acre e de Goiás.
O matador foi preso na casa onde morava com a mulher e três filhos. Apesar do auto grau de periculosidade não ofereceu resistência a prisão.
 Histórico
adroaldo_sargento.jpgEm 2004, Sargento cumpria pena por furto e homicídio no Presídio Manoel Néri da Silva em Cruzeiro do Sul, mas não era considerada uma pessoa tão perigosa. No mesmo ano, ele liderou um grupo dentro da cadeia que rendeu os seguranças e liberou os portões. Cerca de 20 presos fugiram.
Durante o tempo em que ficou em liberdade, Sargento com a ajuda do irmão conhecido por, Seu Zé, armou uma tocaia para matar um funcionário público a tiros e um taxista, que foi mutilado e teve o corpo carbonizado dentro do táxi. Envolvido com o tráfico de drogas, o bandido ainda esteve na fronteira com o Peru, onde teria executado um grupo de quatro peruanos.
Em 2006, Adroaldo de Oliveira Souza, foi preso em Rio Verde (GO). Ele foi entregue a justiça do Acre para responder pelos crimes que havia cometido. Em 2009, foi liberado pela justiça para passar sete dias fora do presídio e aproveitou para escapar novamente para a região Centro Oeste.
www.tribunadojurua.com - Genival Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário