O 6º Batalhão/PMAC está na net.

Este blog foi criado para dinamizar a comunicação entre o 6º BPM e a sua tropa, bem como para divulgar o que está ocorrendo na nossa Policia Militar e em especial no nosso Batalhão de Cruzeiro do Sul-Ac. Sejam bem vindos.


Vídeos Policiais

Loading...

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Trabalho de segurança da Polícia Militar resulta em um dos carnavais mais tranquilos dos últimos anos

 
A organização calcula que em média 10 mil pessoas por noite, compareceram na Praça do Centro Cultural de Cruzeiro do Sul para brincar o carnaval popular organizado pela Prefeitura da cidade. A festa só acabou no fim da madrugada desta quarta-feira (22).
Os foliões se concentraram principalmente no Gamelão, local que fica em frente ao palco central, onde se apresentaram vários cantores regionais e grupos de dança. Muitos foliões optaram pelas mais variadas fantasias, entre elas, chifres de diabinhos e homens vestidos de mulheres.
Apesar deste ano a Polícia Civil não apresentar equipes no local do evento, o trabalho da segurança realizado pela Polícia Militar resultou em tranquilidade absoluta durante os dias de festa. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) não chegou a atender nenhuma ocorrência no local de maior concentração de pessoas.
Também não foram registrados acidentes graves no trânsito. O pelotão de trânsito da PM em parceria com a Primeira Ciretran estiveram continuamente realizando blitzen e autuando motoristas embriagados em diversos pontos da cidade, reduzindo assim o risco de acidentes.


teste

 Site Juruá Online
Fotos – Assecom Prefeitura de Cruzeiro do Sul

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Polícia Militar prende 16 pessoas por embriaguez ao volante no Vale do Juruá

Durante uma operação montada pelo pelotão de trânsito da Polícia Militar, que montou barreiras em pontos estratégicos na Região do Vale do Juruá, 16 pessoas foram presas por embriaguez ao volante, no fim de semana.
Cinco motoristas foram conduzidos pelos agentes do Detran à Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul no final da tarde de domingo, 12. Na noite de sábado, 11, outros 11 condutores foram autuados por estarem dirigindo embriagado.
As blitz foram concentradas nas vias de acesso aos bares de grandes movimentos e casas noturnas. Os condutores flagrados tiveram que pagar fiança, arbitrada de acordo com a condição financeira do infrator, para ganhar o direito de responder o processo em liberdade.
A multa pela infração é de R$ 957,70, além de o motorista perder o direito de dirigir por um ano. Durante a operação Álcool Zero em Cruzeiro do Sul, foram feitas 75 autuações. As infrações incluíram diversas irregularidades detectadas pelos agentes de trânsito.

Da redação de ac24horas.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Bares com histórico de violência são fechados em Cruzeiro do Sul

|
 

A Polícia Militar de Cruzeiro do Sul está fiscalizando nas ruas da cidade se os 27 bares que tiveram suas licenças cassadas estão mesmo fechados. A decisão foi tomada a partir de estatísticas policiais, que mostravam altos índices de ocorrências no entorno desses estabelecimentos.
Em um dos pontos mais agitados no centro da cidade, ao lado do mercado do agricultor, o colegiado composto por delegados, comandantes da PM e do Corpo de Bombeiros determinou o fechamento de pelo menos quatro bares. “O ambiente aqui é outro, graças a Deus estamos tendo tranquilidade para trabalhar, quero até parabenizar quem tomou essa iniciativa”, comenta o comerciante, Carlito Oliveira.
O diretor do Furepol em Cruzeiro do Sul, Vitor Damasceno, recomenda que os proprietários dos bares que se sentirem prejudicados podem recorrer junto a Secretaria de Segurança Pública.
Mesmo com as portas fechados segundo informações de pessoas que não querem se identificar, em alguns desses estabelecimentos a bebida ainda é comercializada de forma clandestina. O comandante em exercício da Polícia Militar, capitão Moura, alerta que se o proprietário insistir pode ser preso pelo crime de desobediência.

Genival Moura do Site Juruá Online

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Blitz flagra dez condutores embriagados no final de semana


 
Em duas operações realizadas na sexta-feira e no sábado nas ruas de Cruzeiro do Sul, por policiais militares do Pelotão de Trânsito, agentes da Primeira Ciretran e pelo promotor de justiça, Iverson Bueno, dez motoristas foram autuados por estarem dirigindo embriagados.
Todos foram conduzidos à Delegacia Geral da cidade e pelo menos 7 foram autuados em flagrante e tiveram que pagar fiança para ganhar o direito de responder o processo em liberdade.
O comandante do Pelotão de Trânsito, Moisés Araújo, ressaltou a importância das atividades que fazem parte da Operação Álcool Zero e o apoio do Ministério Público Estadual através do promotor de justiça, Iverson Bueno, que segundo ele é extremamente preocupado com as questões relacionadas ao trânsito.
“Essas atividades são essenciais para a redução do número de acidentes, tanto que a gente já está caminhando para 150 dias sem vítimas fatais no perímetro urbano de Cruzeiro do Sul”, comenta Araújo.

Genival Moura do Site Juruá Online

Motociclista é preso após tentativa de suborno

A prisão do motociclista foi decretada por policial militar em Cruzeiro do Sul na manhã desta segunda-feia, 06.   Homem ofereceu dinheiro à policial para ser liberado sem pagar multa.

De acordo com o sargento da PM, José Lelande Costa, Eric Gil conduzia uma motocicleta, modelo Lander MZV 6318 no centro da cidade, quando foi flagrado em uma conversão irregular. Ao ser abordado pelo agente da Polícia Militar, o condutor depois de desacato tentou suborná-lo.
“Ele tentou se esconder dentro de um prédio, mas consegui localizá-lo. Foi então que me chamou de palhaço várias vezes e perguntou se estava precisando de dinheiro, pois poderia me dar. Aí, eu dei voz de prisão para ele. Como reagiu a prisão, precisei até de reforço policial para levá-lo para a delegacia”, conta o sargento Lelande.
O motociclista durante toda a manhã ficou detido para prestar esclarecimentos. De acordo com o delegado Vinícius Almeida, depois de apurar os fatos, se comprovado o suborno, ele poderá responder pelo crime de corrupção ativa. A pena nesses casos é de reclusão de um a oito anos, seguido de multa.
Tribuna do Juruá – Dayana Maia

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Vales do Juruá e Taraucá/Envira ganham 40 sargentos

Valorizar a carreira militar não se restringe a aumento salarial, mas a oferecer estrutura, condições de trabalho e, principalmente, reconhecimento. Foi seguindo esta política que o governador Tião Viana assinou a promoção de 481 militares ao posto de sargento. Quarenta deles foram promovidos nesta terça-feira, 31, em Cruzeiro do Sul. Quatro são de Tarauacá e quatro de Feijó.
 

O Acre é o único estado do Brasil em que a promoção na carreira leva apenas nove anos. A conquista é fruto da sensibilidade e do compromisso dos governadores Jorge Viana, que diminuiu para 15 anos, e Binho Marques, que abaixou para nove anos. “Eu confio muito na Polícia Militar. Tenho muito orgulho da corporação e sei que é comprometida com a nossa sociedade, com os ideais de justiça, de oferecer segurança e bem estar para nossa sociedade. E aqui em Cruzeiro do Sul tem sido feito um belíssimo trabalho, que tem resultado em mais de 140 dias sem nenhuma morte no trânsito”, disse o governador Tião Viana.


O Acre é o único estado do Brasil em que a promoção na carreira leva apenas nove anos/Fotos: Onofre BritoO Acre é o único estado do Brasil em que a promoção na carreira leva apenas nove anos/Fotos: Onofre Brito
O Acre é o único estado do Brasil em que a promoção na carreira leva apenas nove anos/Fotos: Onofre Brito
Desde o dia 14 de setembro do ano passado que a cidade não registra nenhuma morte no trânsito, no perímetro urbano. Para o major José Alves, comandante do batalhão em Cruzeiro do Sul, o resultado é fruto do policiamento ostensivo somado a uma melhor sinalização, mais viaturas e banco de horas, além das operações especiais que têm sido realizadas.
 

A cidade conta com um efetivo de 240 homens e o major acredita que a promoção de 32 homens ao posto de sargento vai melhorar a qualidade do policiamento. “Eles estão melhor preparados, têm mais técnica, mais conhecimento e estão mais motivados”, comentou o major Alves.
O secretario adjunto de Segurança, Ermício Sena, parabenizou o efetivo pelos resultados alcançados no plano de segurança. O Acre reduziu em 22% o número de homicídios praticados e ficou bem abaixo da média nacional. Enquanto a média no Brasil é 26.2 homicídios a cada cem mil habitantes, o estado registrou 19 mortes a cada cem mil habitantes.
 

O comandante da PM, coronel José Anastácio, parabenizou os sargentos e suas famílias, que participaram da solenidade. Classedônio Morais, um dos promovidos, lembrou da responsabilidade. “É um reconhecimento, uma oportunidade, e também um desafio grande, porque nossas responsabilidades e o nosso compromisso aumentam ainda mais”, comentou.



quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Zona Rural de Cruzeiro do Sul receberá reforço policial


 
Comandante do Batalhão da Polícia Militar na região do Juruá, major Alves, disse que o patrulhamento na zona rural vai ser intensificado nos próximos dias. O objetivo é evitar que o número de crimes aumente.
Crimes envolvendo a prática de furtos são registrados também em áreas mais distantes da cidade. Em comunidades mais isoladas, onde os alvos são casebres em condições precárias, os bandidos costumam agir durante a madrugada e sem tantas opções acabam levando, animais, cabos elétricos e ferramentas de trabalho, dentre outros objetos de pequeno valor aquisitivo.
Outro ponto de alerta está também no índice de homicídios ocorridos na zona rural. De acordo com o comando da Polícia Militar, em janeiro de 2010, dois assassinatos foram registrados no município. Neste ano, apenas um homicídio aconteceu. Aliado ao decréscimo, ações serão de repressão estão sendo traçadas.
“Trabalharemos em áreas já diagnosticadas como pontos suscetíveis a problemas como Rio Liberdade, Lagoinha, e ramais adjacentes. Sabemos que são áreas difíceis de chegar com as viaturas durante o período invernoso e por isso, teremos quadriciclos para apoio no trabalho dos policiais militares”, finalizou Alves.
Tribuna do Juruá – Dayana Maia

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Polícia Militar recolhe pipas e linhas com cerol nos bairros


pm1Sargento alerta para perigo e avisa que em breve menores flagrados com a brincadeira perigosa serão encaminhados a Delegacia junto com os pais  
Policiais da Rádio Patrulha (RP) da Polícia Militar receberam informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciosp) que um motoqueiro que trafegava no bairro do Remanso, na tarde desta segunda-feira (23), havia sido atingido por uma linha de cerol que causou um corte em sua mão.
Ao verificar a ocorrência o sargento PM Adilson e o soldado PM S. Farias constataram muitos garotos soltando pipas com linhas cerol e recolheram mais de 15 pipas com as latas de leite em pó onde estavam enroladas as linhas.  
“Depois de receber a denúncia do acidente com o motoqueiro fomos ao local, no bairro do Remanso e encontramos muitos garotos brincando com as pipas e linhas com cerol. O comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), major José Alves, determinou o recolhimento deste material em todos os bairros da cidade para garantir a segurança e a paz no trânsito”, informou o sargento.
O sargento ressaltou que neste primeiro momento estão sendo apreendidas apenas as pipas e as linhas com cerol, mas avisa que a partir da próxima semana os menores que forem encontrados brincando desta forma irregular serão encaminhados à Delegacia juntamente com seus pais para as providências devidas.
A utilização de cerol nas linhas de pipas foi proibida por uma Lei Municipal de autoria do vereador Zequinha Lima (PCdoB).  
A senhora Maria da Glória que observou da frente da sua casa o trabalho dos policiais concordou com o trabalho da Polícia Militar dizendo que o cerol coloca em risco a vida das pessoas que andam de moto e também a pé.
“É uma brincadeira perigosa e a polícia tem que dar uma passada nos bairros todos os dias para evitar que acidentes mais graves aconteçam. Na semana passada a linha das pipas dos garotos causou um problema na instalação elétrica da casa da minha mãe e depois ninguém aparece para consertar o problema. Parabenizo a Polícia Militar pelo trabalho”, disse.  
pm 2
www.vozdonorte.com.br - Da redação - Foto Elson Costa

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Polícia Militar em ação conjunta encontra droga e uma pistola na casa do acusado do crime em Cruzeiro do Sul

CIMG1337Policiais militares do Quartel da Polícia Militar (PM) de Mâncio Lima fizeram diligências na tarde desta quinta-feira (19) na casa de um homem conhecido por Francisco Pedroza, vulgo Careca, que mora em Mâncio Lima e está sendo acusado do homicídio cometido nesta manhã, na Travessa do Mercado, em Cruzeiro do Sul, onde a vítima José Maria foi alvejada com um tiro de pistola no peito direito, não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do Hospital Regional do Juruá.
Na diligência os policiais militares estavam acompanhados de agentes da Polícia Civil, lotados na Delegacia de Mâncio Lima e por volta das 14:00 horas ao fazerem uma abordagem na casa do acusado, que percebeu a presença da polícia e conseguiu fugir, encontraram no mato das proximidades da casa, uma mochila contendo 4,700 quilos de pedras brancas, supostamente substância entorpecente, além de uma arma tipo pistola, calibre 380, marca Bersa, de fabricação argentina, que deve ser a arma do crime.  
Os policiais fizeram diversas diligências na redondeza, mas não conseguiram prender o acusado do homicídio que também é suspeito de ser o dono da mochila. A apreensão foi entregue na Delegacia de Mâncio Lima.
O sargento PM Andrade disse  que foram informados pelo 190 que o acusado estava entrando em sua casa e imediatamente com apoio de agentes da polícia civil foi realizada uma rápida abordagem na residência, mas o acusado percebeu a presença da polícia e fugiu.
“ Foi uma ação conjunta das polícias militar e civil para prender o acusado do assassinato. Ele percebeu a presença dos policiais e se evadiu. Os policiais fizeram uma busca minuciosa nas proximidades e encontraram numa moita esta grande quantidade de droga e a arma, que supostamente foi usada no crime”, disse.
Andrade comemorou a apreensão da droga e afirmou que foi um golpe no tráfico de drogas, pois a mesma deveria ser distribuída no município de Mâncio Lima causando muitos problemas a juventude.
O delegado de Mâncio Lima, Roberto Lucena, comandou a operação de captura ao acusado, numa operação com apoio da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul.
“ Fizemos uma abordagem na casa do acusado que se evadiu embrenhando-se num matagal. Mas, conseguimos depois de uma varredura no local apreender a possível arma do crime, além de uma grande quantidade de drogas”, disse
Roberto Lucena destacou que a apreensão é um duro golpe no tráfico de drogas do município de Mâncio Lima.  
“ É uma das maiores apreensões de drogas registrada em Mâncio Lima e graças a Deus fizemos sua apreensão. Estamos intensificando o combate ao tráfico de drogas nos municípios da região e conseguimos retirar de circulação mais uma grande quantidade de drogas que deveria abastecer por um bom tempo o mercado de entorpecentes”, ressaltou.
Roberto Lucena informou ainda que a droga e a arma apreendidas serão enviadas à Delegacia de Cruzeiro do Sul para que tomem as providências porque o homicídio está sendo investigado naquela delegacia. 
“ A arma será submetida ao teste de balística e esperamos que a  população possa continuar contribuindo com as polícias denunciando pelo 190 e dando pistas do acusado ”, disse.  
CIMG1339
www.vozdonorte.com.br - Da redaçao - Fotos Neto Costa

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Polícia apreende droga e prende traficante no bairro São José


droga sao jose 1O traficante José Ricardo da Rocha Barbosa, 19, morador do bairro São José, foi preso por militares do Comando de Operações Especiais (COE), da Polícia Militar, depois que ao avistar a viatura da polícia tirou um objeto de cor branca de dentro de sua bermuda e jogou no chão.
Ao fazer a abordagem do suspeito e verificar o objeto arremessado ao chão os policiais encontraram 16 pequenos pacotes com uma substância branca aparentando ser substância entorpecente.
Uma testemunha que estava nas proximidades onde o acusado tentou se desfazer da droga confirmou que o pacote foi  jogado no chão pelo mesmo que foi preso e encaminhado à Delegacia Geral de Polícia, juntamente com o produto apreendido, para as devidas providências e deverá ser encaminhado à penitenciária.
droga sao jose 2
www.vozdonorte.com.br – Da redação – Fotos Neto Costa

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Operação Pré-carnaval da Polícia Militar começa nesta sexta-feira

Objetivo da PM é reforçar a segurança na região durante o período em que antecede o carnaval 2012.

 
Dezenas de homens estarão trabalhando nas zonas urbana e rural de Cruzeiro do Sul. Serão feitas rondas e bloqueios em estradas de difícil acesso e também nos rios da região. A Polícia Militar pode receber neste período um reforço na sua frota de viaturas com a vinda de veículos de Rio Branco, segundo informou o major José Alves comandante do 6° BPM.
A intenção é manter os baixos índices de criminalidade e acidentes de trânsito em Cruzeiro do Sul obtendo os mesmos resultados da Operação Papai Noel realizada no natal. Segundo o comandante da PM, os policiais que estariam no horário de folga vão receber hora extra para trabalhar na operação.
Um dos pontos estratégicos das fiscalizações será a BR-364 para evitar o tráfico de drogas e a entrada de armas na cidade.
 “Aproveito para pedir a colaboração da sociedade e das pessoas que gostam de brincar que no final da semana, se for dirigir não beba e se beber não dirija. Vamos estar nas ruas à disposição para sanar dúvidas e também realizando blitz aos finais de semana. Não temos a intenção de prender ninguém, nem arrecadar, mas sim preservar a vida”, comentou.
Da redação com informações de reportagem de Erisney Mesquita da TV Juruá

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Polícia Militar intensifica ações durante segunda etapa da operação Papai Noel

A primeira fase da ação policial durou 22 dias e apresentou resultado positivo. Baixo número de furtos e roubos, além do grande número de armas apreendidas chamou atenção da população, que espera que a segurança continue intensa até as festas de fim de ano e réveillon.
A operação Papai Noel é desenvolvida em todo o estado. Em Cruzeiro do Sul, a primeira fase do trabalho aconteceu de 21 de novembro a 12 de dezembro. No período, pouco mais de 140 ocorrências foram registradas, envolvendo furtos, roubos, e porte de arma (faca e revólver).
De acordo com o comandante da Polícia Militar no Vale do Juruá, major Alves, o trabalho intenso dos policiais resultou no abatimento relevante de ocorrências. De acordo com ele, a apreensão de dezenas de armas (branca), rondas pela cidade e fiscalização em centenas de bares foram medidas importantes tomadas, para o resultado da atividade repressiva.
A próxima etapa da operação já está em curso. Quase 100 homens até o próximo dia 2 continuarão fazendo a segurança da população pelas ruas da cidade, com ênfase no centro, onde deve circular uma grande quantidade em dinheiro. 
Tribuna do Juruá – Dayana Maia


sábado, 10 de dezembro de 2011

Proerd certifica 435 estudantes em Cruzeiro do Sul

Programa já certificou 82 mil estudantes no Acre desde 1999
 
A Polícia Militar (PM), em parceria com a Secretaria de Educação e Esportes (SEE), diplomou hoje de manhã 435 estudantes, de 18 escolas de Cruzeiro do Sul, no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). Em clima de festa centenas de estudantes professores, pais de alunos e militares prestigiaram o evento que aconteceu no Ginásio Jáder Machado.
O Proerd iniciou no Acre em 1999 e até 2010 conseguiu certificar cerca de 82 mil alunos em todo o Estado. Em Cruzeiro do Sul, o programa aconteceu pela primeira vez em 2001, mas foi interrompido até 2010, sendo reiniciado em 2011. O major Alves comandante da PM em Cruzeiro do Sul disse estar muito feliz com o desempenho do programa neste ano na região do Juruá que alcançou a certificação de 1.100 alunos. 
O major exemplifica: na noite de ontem aconteceu mais um homicídio envolvendo a questão do tráfico de drogas na cidade, daí a importância de um programa como o Proerd que visa a proteção dos jovens e crianças. Ele elogiou o comandante da PM, Cel. Anastácio, o responsável pela reativação do programa no Juruá.
“Estamos próximos de países produtores de drogas e a situação geográfica com muitos igarapés e varadouros na floresta facilita o transporte de drogas; assim o Proerd tenta minimizar o problema, com a melhoria do relacionamento entre a PM e a área estudantil e a conscientização das novas gerações”.
Segundo o major, o crack ainda não apareceu em Cruzeiro do Sul, mas a pasta base de cocaína já é problema há muito tempo. Ele disse que a maior dificuldade é identificar o tráfico de cocaína; a pasta base, por ser utilizada com cigarro ou maconha é mais fácil de ser descoberta porque causa fumaça e cheiro.
 O coordenador de Educação em Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, se disse satisfeito com a parceria com a PM: “Este é um trabalho de prevenção bonito que a PM faz e nós da SEE entramos na parceria porque acreditamos que as grandes transformações passam pela educação. A gente precisa prevenir as crianças”.  Segundo Zequinha, o trabalho alcançou neste ano 18 escolas, mas no ano que vem a intenção é atingir mais escolas “para evitar o consumo de drogas e bebidas alcoólicas”.
Professores e alunos gostaram da iniciativa
 
A professora Maria Adila Nogueira Clemente, da Escola Antônio de Barros Freire, considera fundamental preparar as crianças: “Quando crescerem, elas terão consciência dos problemas que as drogas causam e terão mais chance de evitar. O programa é excelente e deveria chegar a todas as escolas, pois dá muitas informações sobre os problemas que as drogas causam tanto no sentido físico quanto no psicológico, além de desestruturar as famílias”. A professora ainda aponta mais um ponto positivo: “As crianças gostam muito do Proerd”. 
O estudante Paulo Davi Souza de Oliveira demonstrou que aprendeu: “Gostei das aulas porque eles incentivam a gente a não usar drogas. Drogas fazem mal à saúde e matam” – disse.
Aluno Daniel Barbosa Maia: “Aprendi a não usar drogas e ensinar o que já passaram para mim. Não tenho vontade de usar drogas, porque elas fazem muito mal e podem até matar” – disse.
Aluna Rute França: “Gostei do curso. Ele ensina a gente a ficar longe das drogas. É muito importante todas as crianças ficarem longe das drogas. A gente vê na televisão muitas crianças se drogando. O Proerd é muito legal, ele ensina muita coisa boa. Eu nunca vou usar droga”.

http://batelaodojurua.com/

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Comandante da PM em Cruzeiro do Sul explica morte na Lagoa

Francisco Nonato avançou com terçado para cima de guarnição da PM e foi morto a tiros
 

O comandante do 6º BPM, major Alves, convocou a imprensa local para explicar o acontecido na manhã de domingo, no bairro da Lagoa, quando Francisco Nonato Souza da Conceição, residente no ramal 03 do Projeto Santa Luzia, foi morto com quatro disparos efetuados pela guarnição da PM.
Segundo contou Alves, logo cedo, o Ciosp recebeu duas ligações e repassou a informação de que um cidadão estava na cabeceira da Ponte do Juruá ameaçando as pessoas com um terçado e ameaçando invadir algumas casas do trapiche da Lagoa. Logo a PM enviou guarnição, mas ao chegar Francisco Nonato já não se encontrava na cabeceira da ponte e já tinha adentrado ao trapiche. O policial tentou convencer Francisco a entregar o terçado, mas ele estranhamente nada falava e se recusava a entregar o terçado, isto segundo testemunhas já ouvidas no inquérito instaurado pela Polícia Civil. Aparentemente Francisco estava sob efeito de alguma droga.
Poucos metros depois dessa tentativa da PM de fazer com que Francisco entregasse a arma, numa ação inesperada, ele demonstrou a intenção de entrar na casa da irmã, mas repentinamente voltou-se contra os policiais com o terçado em posição de ataque. A partir deste momento o policial efetuou um disparo no joelho que pegou de raspão e ele continuou vindo para cima da guarnição. Foi feito então outro disparo que pegou na região da virilha e ainda assim Francisco continuou vindo para cima. Diante disso, do risco iminente de ser atingido pelo terçado, o policial já sem espaço efetuou mais um disparo e outro policial disparou mais um e acabaram atingindo-o no abdômen e outro no tórax.  “Infelizmente ele veio a óbito” – disse o major. Faziam parte da guarnição os sargentos Francisco da Silva Lima e Livalter e o soldado Janderson de Azevedo.
Terror do ramal 03
O major Alves contou que, segundo informações do policial civil do Ramal 03, Francisco Nonato era o terror da região. Há pouco tempo ele tinha destruído nove padrões de energia elétrica utilizando um terçado. “A informação que temos é que ele era uma das pessoas que forneciam droga no bairro da Lagoa e ele tinha vindo fazer um acerto de contas de uma droga que tinha trazido e não tinha recebido. Em função disso pensamos que ele pretendia fazer alguma coisa com alguém com o terçado”. Segundo o major, a própria irmã da vítima declarou que ele tinha vindo matar alguém.
A PM abriu uma sindicância para apurar se houve excesso.  O delegado já ouviu testemunhas e elas afirmam categoricamente que se o policial não tivesse agido da forma que agiu com certeza ele teria sido atingido pelo terçado. “Todas as providências estão sendo tomadas, tanto pela PM quanto pela Polícia Civil e o caso será encaminhado ao Ministério Público que tomará as providências necessárias”- disse o major.
Os policiais da guarnição foram afastados das ruas e foi colocada à disposição deles uma psicóloga para que faça os procedimentos e verifique se eles tem condições de voltarem para a rua. “Também estamos atendendo a família do policial que ficou bastante abalada. Embora seja uma situação corriqueira nossa por mais que a gente queira e estejamos preparados nós somos seres humanos e acabamos abalados psicologicamente” disse Alves.
O major Alves lembrou que recentemente a PM perdeu o sgt Francinato que foi alvejado com um tiro no rosto; um pouco antes foi o sgt R. Andrade  vítima de uma ocorrência semelhante a essa com arma branca; ele levou uma facada no peito e veio a falecer. Também recentemente uma viatura da PM foi alvo de disparos em Cruzeiro do Sul. Em Tarauacá recentemente um cidadão quase tirou a vida de um policial utilizando-se de um terçado. “Infelizmente essa prática tem sido comum, de indivíduos enfrentarem a polícia. O policial agiu em legítima defesa e de outros, pois poderia ter acontecido alguma coisa grave com outra pessoa. A gente continua há 95 anos servindo e protegendo a comunidade” encerrou o major.

http://batelaodojurua.com

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Atentou contra guarnição policial e foi morto a tiros em legítima defesa

Francisco Nonato Souza da Conceição, residente no ramal 03 do projeto Santa Luzia, foi morto por volta das 6:40hs da manhã de domingo, 04, com três disparos.
Uma guarnição da PM foi acionada para atender uma ocorrência onde um homem armado com terçado fazia ameaças contra populares na cabeceira da ponte e tentava invadir residências.
Ao perceber a presença da polícia, Nonato evadiu-se em direção ao trapiche da Lagoa, onde, com o terçado em punho, se voltou contra a guarnição, que várias vezes pediu que o agente largasse a arma. Nonato partiu para cima dos militares, quando um militar efetuou três disparos na vítima, que atingida na perna esquerda, peito e abdômen foi a óbito no local.

Várias pessoas testemunharam a ocorrência e afirmam que o policial agiu em legítima defesa.
Agda Souza da Conceição 20, irmã da vítima também presenciou o fato que aconteceu próximo a sua casa. Segundo ela, na noite de sábado o irmão que tinha distúrbio psicológico teria sido ameaçado por um agente conhecido por gordo e isso deixou a vítima contrariada e apreensiva.
Segundo informações, na manhã de domingo, o pai de gordo conhecido por Chimita chamou a vítima para ir lá à frente, pois tinha uma coisa para ele. Depois o agente voltou ao trapiche por duas vezes armado com um terçado, dizendo que ia matar o gordo. Momento depois retornou seguido pelos policiais, não obedecendo à ordem de soltar a arma.
Ela contou ainda que ela própria também havia pedido ao irmão para solar ao terçado, mas este não obedeceu e acabou sendo baleado e caindo ao chão desfalecido.
Informações de populares dão conta de que a vítima já teria matado uma pessoa e a confusão na noite de sábado teria origem numa transação envolvendo drogas. A vítima teria trazido uma droga e o suposto comprador não teria efetuado o pagamento do produto.
Um inquérito policial será instaurado para investigar e apurar caso.

Tribuna do Juruá – Adelcimar carvalho