O 6º Batalhão/PMAC está na net.

Este blog foi criado para dinamizar a comunicação entre o 6º BPM e a sua tropa, bem como para divulgar o que está ocorrendo na nossa Policia Militar e em especial no nosso Batalhão de Cruzeiro do Sul-Ac. Sejam bem vindos.


Vídeos Policiais

Loading...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Atentou contra guarnição policial e foi morto a tiros em legítima defesa

Francisco Nonato Souza da Conceição, residente no ramal 03 do projeto Santa Luzia, foi morto por volta das 6:40hs da manhã de domingo, 04, com três disparos.
Uma guarnição da PM foi acionada para atender uma ocorrência onde um homem armado com terçado fazia ameaças contra populares na cabeceira da ponte e tentava invadir residências.
Ao perceber a presença da polícia, Nonato evadiu-se em direção ao trapiche da Lagoa, onde, com o terçado em punho, se voltou contra a guarnição, que várias vezes pediu que o agente largasse a arma. Nonato partiu para cima dos militares, quando um militar efetuou três disparos na vítima, que atingida na perna esquerda, peito e abdômen foi a óbito no local.

Várias pessoas testemunharam a ocorrência e afirmam que o policial agiu em legítima defesa.
Agda Souza da Conceição 20, irmã da vítima também presenciou o fato que aconteceu próximo a sua casa. Segundo ela, na noite de sábado o irmão que tinha distúrbio psicológico teria sido ameaçado por um agente conhecido por gordo e isso deixou a vítima contrariada e apreensiva.
Segundo informações, na manhã de domingo, o pai de gordo conhecido por Chimita chamou a vítima para ir lá à frente, pois tinha uma coisa para ele. Depois o agente voltou ao trapiche por duas vezes armado com um terçado, dizendo que ia matar o gordo. Momento depois retornou seguido pelos policiais, não obedecendo à ordem de soltar a arma.
Ela contou ainda que ela própria também havia pedido ao irmão para solar ao terçado, mas este não obedeceu e acabou sendo baleado e caindo ao chão desfalecido.
Informações de populares dão conta de que a vítima já teria matado uma pessoa e a confusão na noite de sábado teria origem numa transação envolvendo drogas. A vítima teria trazido uma droga e o suposto comprador não teria efetuado o pagamento do produto.
Um inquérito policial será instaurado para investigar e apurar caso.

Tribuna do Juruá – Adelcimar carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário